Nutrição

SAÚDE

Tenha Melhor Saúde com Carne Suìna

Geralmente os médicos recomendam que os adultos com pré-hipertensão mudem seu estilo de vida para reduzir a pressão arterial. Alguns podem precisar tomar medicamentos. No entanto, estudos mostra que, fora a medicação, a melhor forma de tratar a hipertensão é fazer dieta e exercícios.

Quem pratica exercícios tem menor propensão a desenvolver obesidades, diabetes tipo 2, dislipidemias, doenças cardiovasculares e até câncer. Evidentemente, a prática de exercícios físicos deve estar aliada a uma ingestão alimentar equilibrada. É importante saber escolher alimentos que auxiliem na manutenção da saúde e de uma boa composição corporal.

A carne suína é rica em proteínas de alto valor biológico – o que quer dizer que contribui de forma significativa para uma boa saúde muscular, já que essas proteínas, quando quebradas geram aminóacidos essenciais – que são aqueles necessários para a manutenção da massa magra; dependendo da quantidade que consumir, atende até mesmo suas necessidades diárias de proteína, não sendo necessário o consumo de outras fontes proteicas.

Além disso, ela é versátil, barata e acessível para os brasileiros. Suas inúmeras qualidades e benefícios a torna fácil de incorporar a qualquer dieta saudável.

A carne suína é rica em vitaminas do Complexo B
Conhecidas como vitaminas do complexo B, as oito vitaminas B — B1, B2, B3, B5, B6, B7, B9, B12 — desempenham um papel importante em manter nosso corpo funcionando como máquinas bem lubrificadas.

Estes nutrientes essenciais ajudam a converter os alimentos em combustível, o que nos permite ficar energizados durante todo o dia. Embora muitas vitaminas trabalhem em conjunto, cada uma tem seus próprios benefícios específicos — desde melhorar os aspectos do cabelo e da pele, até impedir a perda da memória e enxaquecas.

Quanto às vitaminas do complexo B, a carne suína é a principal fonte animal de tiamina (vitamina B1) e quando comparada às carnes bovina e de aves, pode conter até 10 vezes a quantidade deste micronutriente. É possível ainda, que um indivíduo adulto que consuma 100g de carne suína alcance quase 20% da recomendação de outras vitaminas do complexo B. Um bife pequeno de carne suína pode te ajudar a se manter saudável!

Proteína magra.
O suíno melhorado tem 31% menos gordura, 14% menos calorias e taxas de colesterol, 10% menor do que há 30 anos. Em 1960, a carne continha por volta de 45 a 46% de carne magra, e 5 a 6 cm de espessura de gordura. Hoje, a carne produzida tem por volta de 60% de carne magra e 0,8 a 1,2 cm de espessura de gordura. Hoje, a carne suína tem 16% menos gordura e 27% menos gordura saturada do que há 20 anos.

Saudável para o coração.
A carne suína é naturalmente baixa em sódio e uma boa fonte de potássio — dois nutrientes que, combinados, podem ajudar a regular a pressão arterialii. A carne suína possui menor teor de sódio em relação às demais carnes, além de maior teor de potássio, que caracteriza seu possível potencial anti-hipertensivo em indivíduos com consumo regular de cortes magros de carne suína.

Fontes:
i – National Nutrient Database for Standard Reference, Release 23. Based on 3-ounce cooked servings (roasted or broiled), visible fat trimmed after cooking.
ii – Buyck JF, Blacher J, Kesse-Guyot E, Castetbon K, Galan P, Safar M, Hercberg S, Czernichow S. Differential associations of dietary sodium and potassium intake with blood pressure: a focus on pulse pressure. Journal of Hypertension. 2009;27:1158-1164.



Loading Gostou?   81 Favoritos




VOLTAR AO TOPO



ARTIGOS RELACIONADOS: